Arquivo mensal: dezembro 2012

100 Anos de Luiz Gonzaga

Hoje, 13 de Dezembro de 2012, é o centenário de nascimento do mestre Luiz Gonzaga, comumente conhecido como Gonzagão. Dentre as inúmeras comemorações desse grande bastião da música genuinamente brasileira, destacam-se alguns discos distribuidos pela Tratore que reverenciam, direta ou indiretamente, o mestre da sanfona. Responsável por popularizar ritmos como o forró, o xote, o xaxado e o baião Luiz Gonzaga teve influencia indiscutível na produção musical brasileira de ontem e de hoje.

Faca_CD_Luas.cdr

Recentemente fizemos uma entrevista com Gereba Barreto, que organizou, dirigiu e produziu o disco “Luas do Gonzaga”, que com base em composições instrumentais de Luiz Gonzaga das décadas de 40 e 50, chamou importantes letristas e músicos para transforma-las em canções. Veja a entrevista na íntegra para entender melhor o trabalho.

_Guilherme_Ribeiro_E_Mateus_Sartori_Que_Se_Deseja_Rever_7898515692970

Outro disco feito apenas com composições de Luiz Gonzaga é do duo Guilherme Ribeiro e Mateus Sartori, Que Se Deseja Rever. O inusitado desse disco é que as versões das composições do mestre da sanfona são interpretadas apenas com piano e voz, conseguindo nessa dupla pontuar a diversidade ritmica no repertório de Luiz Gonzaga.

Fora esses dois discos gravados especialmente para o rei do baião, a influência de Gonzagão é indiscutivel na música brasileira. Fizemos uma lista de discos da Tratore que provavelmente não existiriam sem a contribuição da sanfona de Luiz Gonzaga.

Clique no nome dos discos para acessar sua página no site da Tratore e ouça as prévias:

_Oswaldinho_do_Acordeon_Forro_Chorado_7898233000064

Oswaldinho do Acordeon – Forró Chorado
“Forró Chorado” nasceu da curiosidade de Oswaldinho, um dos maiores discípulos de Gonzagão: como seria o bom e velho chorinho tocado em ritmo de forró? Produzido por Thiago do Espirito Santo e com participações de Bia Goes, Ricardo Valverde, Washington Luiz, Ari Silva, Kacá Albuquerque e Alexandre Gaiotto.

_Ze_Calixto_Poeta_da_Sanfona_7898369067917

Zé Calixto – Poeta da Sanfona
Disco feito em comemoração dos 50 anos de carreira de Zé Calixto, ele mostra que aos 72 anos esse legítimo poeta da sanfona ainda estava som o pleno controle de sua sanfona reconhecida pela excelência no fole de oito baixos.

_Trio_Nordestino_O_Verdadeiro_Trio_Nordestino_7898422680268

Trio Nordestino
Relançamento da gravação de 1979 de um dos mais importantes grupos de forró. Trio nordestino, mais conhecido pelo sucesso da canção “Procurando Tu” apresenta doze faixas do mais puro forró de raiz nessa gravação histórica.
_Teresa_Maria_Xote_Pra_Lad_Chiq_7898474807477

Teresa Maria – Xote pra lad chiq
Quarto disco de Teresa Maria, Xote pra Lad Chiq continua o trabalho de mesclas de ritmos da cantora e compositora que mistura bossa, flamenco, jazz, blues, baiãi, xote, candombe, murga e samba nesse disco múltiplo e brasileiro.

_Fim_De_Feira_De_Todo_Jeito_A_Gente_Apanha_7892860216287

Fim de Feira – De Todo Jeito a Gente Apanha
De Todo Jeito a Gente Apanha , segundo disco do Fim de Feira, é soma de influências de seus integrantes. O repertório é uma feira livre, onde há de um tudo. A riqueza rítmica de pernambuco, é explorada com primor pela banda. O disco conta com participações especiais de Elba Ramalho na balada “Canário Miudinho”, o veterano Silvério Pessoa no ligeiro “Côco Veloz”, a jovem revelação Gabi na faixa “De Onde Vem o Sossego” e o rapper Zé Brown, da pioneira banda de rap Faces do Subúrbio no suingue de protesto “Preso 137”.

_Varios_O_Melhor_Forro_de_Sao_Joao_7898422680237

O Melhor do Forró de São João

O disco com 14 faixas de compositores como; Dominguinhos, João Bosco, Oswaldinho do Acordeon e Anastácia. Interpretadas por: Trio Nordestino, Zé Cupido, Dominguinhos, Severino Januário, Anastácia, Manoel David, Oswaldinho do Acordeon, Zé Cupido e Bolão.

Etiquetado , , , , ,

Entrevista: Gereba Barreto fala sobre seu disco “Luas do Gonzaga”

Recentemente o disco “Luas do Gonzaga” chegou para distribuição aqui na Tratore. Organizado e dirigido pelo violonista, cantor e compositor baiano Gereba Barreto, se trata de uma impressionante coleção de composições de Luiz Gonzaga que fogem do forró, comumente associado ao mestre da sanfona. Essas composições são da década de 40 e 50 e eram inicialmente instrumentais. Gereba nos concedeu uma entrevista contando um pouco como foi organizar essas músicas e transformá-las em canções através de vários, e importantes, letristas, músicos e cantores. Entre os nomes podemos citar algumas das maiores personalidades da música brasileira como: Gilberto Gil, Elba Ramalho, Raimundo Fagner, Jair Rodrigues, Dominguinhos, Jussara Silveira, Lenine, Jorge Vercillo e Zeca Baleiro.

Faca_CD_Luas.cdr

Segue a entrevista com Gereba:

Da onde veio a idéia de fazer o disco Luas do Gonzaga?

Gereba: A ideia veio depois do encontro que tive com Luiz Gonzaga em 85, la em sua Fazenda Exu quando, num fim de tarde, ele me mostrou a sua produção dos anos 40 que não eram baiões e sim de belas valsas choros dedicados principalmente às mulheres como Wanda, Mara, Veronica, Ligya, Marieta e outras, e aquilo me chamou muito a atenção, mesmo sem ouvi-las, pois estavam em gravações de 78 rotações e já não tinha aparelho pra tocar, muitos anos depois entrei em contato com pesquisadores como Assis Angelo,(São Paulo) Perfelino Neto (Bahia) e Paulo Wanderlei (Pernambuco) do site www.luizluagonzaga.com.br que tinham digitalizado e me ajudaram na pesquisa, depois comecei a reformatar do meu jeito, claro sem alterar o original, depois disso comecei a escolher os letristas e fazer as consultas e todos aderiram.

Zeca Baleiro colocou letra em MARA, ele mesmo canta, Fernando Brant em MARIETA interpretada por Jair Rodrigues, Veronica por Lirinha, ele mesmo canta comigo, Luar do Nordeste por J.Velloso, interpretada por Na Ozzetti, Numa Serenata por Carlos Pitta quem canta é Raimundo Fagner, Ligia por Abel Silva quem canta é Jorge Vercilo,Sanfona Dourada por Maciel Melo, quem canta é Dominguinhos e o próprio Maciel, Wanda por Tuzé Abreu quem canta é Flavio Venturini, Passeando em Paris por Bené Fonteles, quem canta é Elba Ramalho, Gilberto Gil em 13 de dezembro, por ele mesmo, e por aí vai.

GEREBA FOTO Como você conseguiu reunir tantos grandes nomes da música brasileira para o projeto?

Gereba: Primeiro procurei os amigos meus e de Luiz Gonzaga e todos acreditaram no trabalho e fomos em frente, mas foi um processo muito demorado, 5 anos montando esse quebra cabeça, mas no final contamos com 35 musicos de ponta, inclusive a participação brilhante do Mestre Dominguinhos e seus 12 principais discípulos como Oswaldinho, Cesar do Acordeon,Genaro,Silvinho,Cicinho, Bombarda e outros, mais a grande galeria de interpretes consagrados com Lenine, Zeca Baleiro, Gil, Elba, Margareth Menezes, Fagner,Dominguinhos, Jussara Silveira, Maciel Melo, Adekmario Coelho, Jair Rodrigues, Flavio venturini e outras feras.

Qual foi o processo de composição dessas canções? As músicas já existiam e as letras foram escritas com base nelas?

Gereba: A primeira coisa que fiz foi ouvir, aprender bem e harmonizar no meu violão, para depois gravar e mandar para o futuro parceiro de Seu Luiz, um processo demorado, muitos dos letristas demoravam pra fazer a letra e eu tinha que as vezes ficar cobrando, foi uma cumplicidade bonita, uns pressionando os outros numa boa, mas tivemos um final feliz, alguns me diziam que estavam demorando porque estavam caprichando para se tornarem parceiros dignos do Rei.

De que época são essas composições de Luiz Gonzaga?

Gereba: São composições dele de 1941 a 1953.

Quando e como foram feitas as gravações?

Gereba: Fiz todas as bases em Salvador e as vozes, orquestra e muitos intrumentistas gravei em 6 Estados e em vários estudios.

Muito tem-se falado de Luiz Gonzaga por causa do centenário de seu nascimento, a intenção desse disco foi a de mostrar uma faceta desconhecida do trabalho do mestre?

Gereba: Exatamente isso, mas não fiz um disco pensando no Centenario, fiz esse coletivo com grandes nomes da MPB pra cumprir quase que uma missão determinada por ele, a de realizar seu sonho, quando expressou pra mim em 85 essa sua vontade de mostrar para o mundo sua outra face cancioneira, que vai além do Baião, e taí: MISSÃO CUMPRIDA.

Veja onde encontrar e ouça as prévias das músicas no site da Tratore!

Etiquetado , , , , , , , , ,