Boas Regras de Cadastro, Vol. 4: Artistas, compositores e tributos

recording-studio-microphone

por David Dines

Dando continuidade às orientações sobre inserção de dados no cadastro de distribuição digital, o blog da Tratore agora dá mais dicas relativas aos campos de artista, compositor e aos casos de álbuns-tributo.

Quando um artista ou seu representante cadastra um lançamento digital, há uma série de diretrizes de inclusão de dados nas plataformas que devem ser obedecidas, as quais compartilhamos neste blog.

Você já leu os três textos anteriores? Veja aqui, aqui e aqui.

Se você distribui com a Tratore, o Fonomatic continua sendo o painel de controle para colocar todas as informações necessárias. Confira as orientações, para que seu lançamento apareça da melhor forma possível nas lojas digitais:


1. Número de artistas principais

Em orientações anteriores, dissemos que, caso o álbum contenha a mesma participação especial em todas as faixas, esse segundo artista deve constar como artista principal também. Essa regra é válida para os casos envolvendo até três artistas/bandas, que não sejam da música clássica. Se houver mais de três artistas principais em um lançamento, o campo principal de artista deve ser preenchido como “Vários artistas”, e os envolvidos cadastrados em cada faixa.

2. Nome de artista na capa

Caso seu lançamento contenha o nome de outros artistas participantes na capa, não deixe de cadastrá-los como participações em alguma faixa ou no nível álbum. No Fonomatic, basta primeiro cadastrar todos os artistas e depois vinculá-los ao álbum, EP ou single que será criado.

3. Bandas e integrantes solo

O campo de artista das plataformas digitais devem ser destinados apenas ao intérprete oficial das obras. Integrantes de uma banda não devem ser incluídos como participações especiais. Por exemplo, em nenhum álbum dos Beatles no Spotify você verá algum dos integrantes em carreira solo citados como participações especiais. Suas páginas de artistas são diferentes e devem ser mantidas em separado.

4. Compositores como artistas?

Da mesma forma, o compositor da obra não deve ser citado como artista principal ou participação especial se não realmente não atuar como músico na gravação de alguma faixa.

Mesmo se o título do lançamento for “Artista canta Compositor”, o autor não deve ser cadastrado como artista e, sim, somente no campo de autoria de cada obra — item que não fica visível nas plataformas, mas determina o direcionamento do pagamento de direitos autorais.

5. Álbuns-tributo

Há algumas regras específicas para discos dedicados ao repertório de outros artistas. O nome do homenageado não deve ser inserido no campo de artista, assim como não deve estar no início do título do álbum. Em um exemplo dado pela iTunes Store, “Kelly Clarkson: O Tributo Bluegrass” não é aceitável, enquanto “Tributo Bluegrass a Kelly Clarkson” é correto. O nome do artista original também não deve ser inserido nos títulos das faixas.

Com a Tratore, você pode distribuir sua música por meio de mais de uma centena de plataformas digitais, em todo o mundo. Para cadastrar um álbum, EP ou single para distribuição digital conosco, acesse: www.fonomatic.com.br.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s