Ressonância: RISCO

artistasseloriscoArtistas do selo no palco do Centro Cultural São Paulo, no show de lançamento da coletânea “RISCO #01”, 2016. Foto: Fernando Banzi

por David Dines

No terceiro texto da série Ressonância, que compartilha um pouco da visão, estratégia e funcionamento de alguns dos principais selos independentes do Brasil, o blog da Tratore apresenta o trabalho do selo paulistano RISCO, cuja plataforma de suporte na difusão do trabalho de artistas independentes levou à parceria com artistas como O Terno, Charlie e os Marretas, Luiza Lian e Mustache e os Apaches.

Continuar lendo