Dicas Tratore: Como estabelecer o preço de venda do meu disco?

Retail Shop Vinyl Music Records

por David Dines

Seu álbum está prestes a ser lançado nos formatos digital e físico. Como saber qual é o melhor preço em que ele deve ser vendido ao público? A Tratore te ajuda com essas questões.

No ambiente digital, há duas formas de levar seu lançamento ao público: por meio de plataformas de streaming ou de download. Nos serviços de streaming, como Spotify, Deezer, Apple Music, Napster, TIDAL e YouTube, o preço é flutuante e varia de acordo com o tipo de usuário que escuta a sua música e o número de plays. Para entender mais sobre a monetização no streaming, leia aqui.

Nas lojas que trabalham com download, são estabelecidas faixas de preço de acordo com o tipo de lançamento. No iTunes, por exemplo, singles podem custar de US$ 0,69 a US$ 1,29 ao consumidor (equivalente a R$ 2,07 e R$ 3,87, calculando a partir do dólar a R$ 3). O preço máximo para EPs é de US$ 4,95 (aproximadamente R$ 14,55), valor que também é o mínimo para a venda de álbuns e lançamentos com mais de 30 minutos de duração. Para conteúdos liberados para venda em todo o mundo, a mesma faixa de preço será usada em todos os territórios.

A Tratore sempre acompanha os preços praticados pelo mercado e procura estabelecê-los de forma competitiva, sem que sejam exageradamente caros ou baratos. Esses valores podem, eventualmente, ser alterados dentro do que as categorias-padrão da plataforma permitirem. Caso deseje mudar o preço de venda digital do seu single, EP ou álbum, nos consulte pelo email contato@tratore.com.br.

No físico, a Tratore estabelece junto ao artista ou selo o valor pelo qual o disco será vendido às lojas e representantes, levando em conta fatores como o custo de fabricação daquele produto. Esse valor não poderá ser alterado para cima posteriormente, uma vez que os estabelecimentos não comprarão o mesmo título por um preço maior que o de oferecimento inicial.

Para um CD padrão com capa em acrílico, digipack ou digifile, recomendamos que o preço de oferecimento não ultrapasse R$ 20, uma vez que os discos poderão ser vendidos às lojas com descontos médios de até 15% e os comerciantes aplicam uma margem média de 50% a 60% sobre o valor no oferecimento ao consumidor final. Por exemplo, um CD cujo preço definido seja de R$ 18 poderá ser vendido às lojas por até R$ 15,30 e será oferecido ao público com preço entre R$ 23 e R$ 28,80. A mesma regra serve para o vinil, para o qual sugerimos que o preço unitário de oferecimento não passe de R$ 50. Exceções serão avaliadas individualmente junto ao artista ou representante.

No acordo de distribuição física com a Tratore, o responsável recebe 46% do valor de atacado do CD e 65% do vinil. O repasse do digital é de 75%. No entanto, quando seu disco físico é oferecido ao público na nossa loja virtual, a faixa de preço sobe para o padrão de venda das lojas ao consumidor, e o artista receberá a porcentagem equivalente sobre esse valor final.

Para cadastrar seu single, EP ou álbum para distribuição com a Tratore, acesse: www.fonomatic.com.br

Leia também:

Anúncios

Um comentário sobre “Dicas Tratore: Como estabelecer o preço de venda do meu disco?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s