Dicas Tratore: Quanto tempo deve haver entre meus lançamentos?

pexels-photo-117501Foto: Arquivo Pexels

por David Dines

Ao organizar uma carreira musical, um dos tópicos importantes a analisar é a distância entre lançamentos. Sejam singles, EPs, álbuns ou videoclipes, o tempo entre novos títulos pode definir o ritmo e a intensidade das demais ações do artista ou da banda por determinado período. Independente do gênero musical, é possível ter bons resultados tanto com um cronograma mais rápido e intenso de lançamentos quanto com ações mais espaçadas. Conheça alguns prós e contras de cada tipo de planejamento:

Ao lançar uma série de novos títulos, é possível conseguir um alto nível de engajamento dos fãs por um tempo prolongado. Seus ouvintes estarão atentos à comunicação da banda ou artista, esperando as próximas novidades, como nos casos de álbuns precedidos de singles. Esse tipo de estratégia também pode resultar em um maior número de oportunidades de imprensa para o seu trabalho, uma vez que haverá várias datas-chave com diferentes “ganchos” de informação para os veículos. Somando essas duas formas de interesse público sobre a sua música, os contratantes também podem demonstrar maior abertura para receber o seu show, inclusive possibilitando ocasiões especiais para lançamentos.

No entanto, em uma estratégia desse tipo, deve-se tomar cuidado para que a pressão dos prazos, demandas e investimentos não impactem excessivamente o artista ou a banda. Uma sobrecarga de compromissos pode, em última instância, prejudicar o cronograma e o resultado técnico/artístico do material. Outro cuidado a ser tomado é a correta avaliação do retorno do público, para que não haja o risco de algum dos lançamentos não ter o tempo necessário para receber a atenção que merece.

Um cronograma que prevê mais espaço entre os lançamentos dá ao artista a vantagem de entregá-los ao público com o melhor acabamento possível. O planejamento pode ser feito de forma muito detalhada e ponderada, possibilitando ações que se beneficiam da antecedência na realização. O tempo entre um disco e outro também pode dar maior impacto a cada lançamento, por serem eventos pouco comuns na carreira. Por outro lado, assumir uma dinâmica de trabalho mais lenta e espaçada pode desengajar seu público ao longo do tempo, uma vez que o lançamento mais recente e o repertório do show vão deixando de surpreender aqueles que já conhecem seu trabalho. Corre-se o risco de diminuição do público nas apresentações e de perda de seguidores nas redes e plataformas digitais, o que pode colocar o artista/banda sob pressão para ampliar novamente a base de fãs.

A possibilidade de ajustar livremente esse cronograma de lançamentos é um dos privilégios do mercado independente, hoje consolidado na indústria fonográfica. Com isso, também vêm responsabilidades sobre o planejamento das ações e a gestão direta de todas as etapas do fazer artístico. A Tratore pode garantir que seu lançamento esteja nas plataformas digitais ou disponível para as lojas na melhor data possível — basta nos consultar pelo contato@tratore.com.br, em caso de dúvidas. De toda forma, o fator mais importante é conhecer bem o seu público e a forma como ele se engaja com sua música, para que a conexão se mantenha viva e o trabalho se mantenha caminhando nas melhores circunstâncias possíveis.

Leia também:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s