Dicas Tratore: Quatro estratégias para divulgar melhor a sua música

pexels-photo-248963Foto: Pexels

por David Dines e Nicole Patrício

Muitos artistas e bandas se questionam como fazer com que mais pessoas escutem suas músicas, assistam aos seus videoclipes e acompanhem suas postagens nas redes sociais. Grande parte dessa melhora de engajamento pode estar nas mãos dos próprios músicos, com mudanças simples de comportamento.

Pensando nisso, listamos quatro dicas que podem te ajudar a apresentar melhor seu trabalho, além de entender melhor o público e os formadores de opinião ao seu redor.



1. Busque um equilíbrio entre o lado artístico e o de relações públicas

Em quase todos os casos no meio da música, não basta apenas dedicar-se à arte. Se você busca construir uma carreira sustentável, é necessário entender que o lado puramente musical e o lado de contato com o público são complementares.

Se um artista independente que ainda não tem uma equipe foca apenas em criar e aperfeiçoar sua música, quem fará com que sua música seja conhecida por mais pessoas? O próprio artista/banda é, geralmente, o principal responsável pelo engajamento da sua base de fãs, mesmo em carreiras já estabelecidas. É preciso separar os momentos e buscar desenvolver cada uma dessas atividades conforme a ocasião exigir. A atenção de um público fiel é o que vai fazer com que seu trabalho avance e conquiste cada vez mais espaço.

A Internet oferece recursos que facilitam esse contato e permitem entender quem são as pessoas que te escutam e como elas se engajam com seu conteúdo. Não é necessário passar muitas horas por dia na frente do celular ou do computador – ferramentas como o Hootsuite e o Buffer podem te ajudar a planejar uma postagem regular de conteúdo. Se for impulsionar um post nas redes sociais, priorize o recorte de público que mais se interessa no seu trabalho e ele espalhará a palavra, se houver um bom engajamento.

2. Saiba a sua história

Quando você conquista a atenção de um ouvinte, ele quer saber a história por trás daquela criação e de quem a fez. A relevância dessa informação define muito a forma como o público perceberá o artista ou banda a partir daquele momento. Entenda o que é mais importante na comunicação do seu trabalho e ressalte essa mensagem. Leve em consideração a expectativa do seu público e pense sempre em como aquele dado se conecta com o entendimento primordial da sua música e de você como artista – ou daquilo que é a unidade artística do seu grupo.

Da mesma forma, há uma série de informações que não precisam ser compartilhadas. Comparações com outros artistas devem ser limitadas, porque elas tendem a permanecer. Evite citações de influências menos importantes ou que não facilitam o entendimento do seu som, bem como listar integrantes que já saíram da banda, conceitos vazios de sentido e autoelogios desnecessários. Procure entender o ambiente do seu interlocutor e forneça a ele as informações que ele poderá contextualizar de forma adequada.

3. Não force a barra

Fortalecer a presença nas redes é muito importante, mas, acima de tudo, as pessoas que acompanham o trabalho de um artista esperam um conteúdo de qualidade. Não seja maçante ou insistente demais nas interações, seja com o público ou eventuais parceiros, pois as relações podem ser enfraquecidas. Essas pessoas entendem que sua arte é sua expressão genuína e, se o músico que criou aquela obra é tido como uma pessoa constantemente desagradável, a resposta aos seus contatos e interações tende a ser cada vez mais limitada.

4. Facilite o trabalho de seus parceiros potenciais

Quando você envia uma sugestão de pauta para um site ou material para um contratante, é provável que seu interlocutor dê mais atenção à sua música se você apresentar seu trabalho de forma prática e direta.

Não encaminhe releases (textos de divulgação) em PDF – isso dificulta o ato de copiar e colar trechos nas ocasiões em que isso for necessário. Prefira enviá-los no corpo do texto e em arquivos que possam ser abertos no Microsoft Word.

Da mesma forma, não envie anexos grandes, que podem lotar a caixa de entrada de quem recebe seu conteúdo, especialmente se não houver solicitação prévia. Prefira disponibilizar os arquivos maiores através de links de Google Drive, Dropbox, OneDrive ou WeTransfer.

Também tenha um cuidado especial com as suas fotos, pois elas podem ser o primeiro meio de comunicar com seu público e demonstram o nível de profissionalismo da sua carreira. Tenha sempre boas opções à mão em alta resolução, com possibilidades de uso horizontal/vertical e colorida/P&B (preta e branca).

Se o seu principal conteúdo a ser divulgado for o show, sempre apresente links de vídeos de apresentações ao vivo, para que seu interlocutor entenda como o trabalho funciona no palco. Ensaios gravados em vídeo no estúdio, com boa qualidade de áudio, também servem bem a esse propósito.

Leia também:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s