Coloquei meu vídeo no Facebook mas ele foi retirado, o que fazer?

giulietta_pixelated_music_video_3
Imagem: Giulietta em foto de Dale Martin (Wikimedia Commons)

por Lucas Lima e David Dines

Mesmo com as mudanças no alcance de público anunciadas recentemente, o Facebook hoje é uma das mais importantes formas de se divulgar um trabalho na internet. Sabendo usar, a rede social é importantíssima para se alcançar um público maior e manter, o já existente, atualizado sobre novidades, como lançamentos e shows. Mas e se eu quiser lançar um vídeo com música no Facebook, como faço para não correr risco de minha postagem sumir?

Sabemos que a utilização de vídeos nas redes sociais vem chamando cada vez mais atenção, e, propositalmente, os registros audiovisuais são colocados em evidência maior pelo Facebook. Ou seja, uma postagem com vídeo provavelmente terá um bom impacto com seus seguidores, junto de um bom texto, é claro.

Mas, vale a pena? Aí vai depender dos objetivos do artista. É importante dizer que os vídeos postados no Facebook não são monetizados para os criadores até o momento, diferente do YouTube, em que os fonogramas distribuídos pela Tratore recebem reivindicação automática de monetização.

Para saber mais sobre como funciona o pagamento vindo do YouTube, clique aqui.

Dessa forma, alguns mecanismos podem retirar do Facebook o seu vídeo com o fonograma original sem aviso prévio, por não ser possível que o artista seja remunerado pelo uso de sua música. Isso também pode acontecer com o SoundCloudSe isto aconteceu e você deseja que seu vídeo esteja na rede social de Mark Zuckerberg, fique tranquilo. A Tratore conta com vários parceiros, inclusive de fora do país, e pode solicitar ao Facebook a liberação de sua fanpage. Você conseguirá postar os seus vídeos, mas é importante lembrar que o Facebook não irá oferecer nenhuma compensação por visualizações — portanto, o artista e sua equipe têm que estar cientes disso.

Caso o seu vídeo foi derrubado e você, distribuído/a pela Tratore, quer solicitar a liberação de sua fanpage, nos envie um e-mail para contato@tratore.com.br.

Há chance de essa regra mudar e o Facebook começar a pagar os criadores pelo uso de suas obras? A resposta é sim. A rede está em negociação com entidades de direitos autorais em todo o mundo há alguns anos, e acordos com representantes de grandes catálogos estão começando a ser anunciados. É possível que essa grande mudança ocorra ainda em 2018, e a Tratore está atenta para garantir que os direitos dos seus artistas distribuídos sejam respeitados e remunerados assim que possível.

Leia também:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s