Dicas Tratore: Tem uma banda de garagem? Conheça as ferramentas necessárias para colocá-la nas plataformas

band

por David Dines

Tem um grupo que está pronto para gravar e divulgar suas primeiras canções? Ou é um/a artista solo que vem se apresentando ao vivo e agora quer dividir sua música também nas plataformas digitais? Confira um guia que a Tratore preparou para te orientar nesse processo inicial:



1. Repertório

Em um lançamento, a primeira coisa a se considerar é se o material será inteiramente autoral ou incluirá releituras. Se você e seus companheiros forem os compositores, sem problemas. Vocês detêm os principais direitos sobre as obras e não precisam de nenhuma autorização formal para colocá-las no ar — o que pode ser o caso ao regravar músicas de terceiros. Leia mais sobre o assunto aqui.

Outra coisa a se considerar é o formato do lançamento — se é melhor lançar um single (1 ou 2 faixas), um EP (3 a 7 faixas, com menos de meia hora no total) ou um álbum (8 ou mais faixas, ou mais de meia hora no total). O single é sempre uma boa introdução para um novo projeto, e serve como chamariz para lançamentos futuros. Para ajudar na escolha do tipo de produto, leia algumas considerações nossas sobre o tema aqui.

2. Gravação, mixagem e masterização

Uma vez escolhido e ensaiado o repertório, o material precisará ser gravado, seja de forma caseira ou em um estúdio. Uma vez captado cada instrumento e elemento sonoro, individualmente ou tudo junto, o áudio passará pelo processo de mixagem, em que todos os sons serão harmonizados utilizando equalizadores, compressores e diversos tipos de efeitos. Depois disso, a finalização é feita na chamada masterização, em que volumes, frequências e compressões finais são estabelecidos. Nesse momento, é bom ouvir o resultado em diferentes tipos de aparelho (fone de ouvido, caixas profissionais, falantes de computador, som de carro, aparelhos bluetooth), para saber se tudo está como desejado a partir de referências muito diferentes.

Para encaminhar o seu áudio às plataformas, é necessário que quem faça a masterização entregue os arquivos no formato WAV, 44.1 kHz, 16 bits – que é o padrão de masterização para CD. Outros formatos não são aceitos pelas plataformas por terem perda relevante de frequências no processo de conversão, como é o caso do MP3 e do M4A.

3. Distribuição digital

Para colocar sua música à disposição em mais de 100 plataformas digitais no mundo inteiro (incluindo Spotify, Deezer, Apple Music, TIDAL, Napster e outras), basta cadastrar-se como responsável no www.fonomatic.com.br. Você receberá uma senha e terá acesso à área interna do nosso painel de cadastro, onde poderá incluir seus lançamentos. Áudio, imagem de capa, informações autorais e todos os principais dados serão inseridos na seção Cadastrar Novo Produto. Caso precise de apoio no processo, temos um passo-a-passo para te ajudar.

Além do áudio e das informações autorais, será necessária uma imagem de capa (.jpg, quadrada, 3000×3000 pixels, padrão de cores RGB) e, caso tenha, os códigos ISRC das gravações. Para mais detalhes, vale a pena conferir nossa seção de informações sobre Distribuição Digital.

A data de lançamento também pode ser selecionada no ato do cadastro. Uma vez escolhido um dia (sugerimos sempre o prazo de, pelo menos, uma semana em relação à conclusão do cadastro), seu produto constará em todas as plataformas a partir da meia-noite da data escolhida.

Pelo fato de a Tratore distribuir conteúdo para o YouTube Music, sua música também aparecerá no YouTube dentro de um canal Topic – leia mais a respeito aqui.

A Tratore não distribui para as plataformas Soundcloud e Bandcamp, pelo fato de não haver monetização direta para os artistas no território brasileiro neste momento. De toda forma, os artistas ficam livres para disponibilizar seu material por lá, caso queiram.

Em caso de dúvidas, fale conosco pelo contato@tratore.com.br ou pelo telefone (11) 3085-1246, em horário comercial.

Com estes materiais, você estará pronto/a para começar a jornada no meio da música independente. Lembramos também da importância da divulgação do seu material em todos os meios possíveis, tanto online (perfis próprios e de parceiros em redes sociais, páginas especializadas, blogs, sites) quanto offline (lambe-lambes, adesivos, shows, artigos de merchandising) para fazer seu nome e seu trabalho circular, e assim ir ganhando a atenção de um público cada vez maior.

Leia também:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s