Dicas Tratore: 5 dicas para economizar tempo (e dinheiro) no estúdio de gravação

recordingstudio.png

por David Dines

Você está com o repertório definido para gravar seu próximo EP ou álbum, mas gostaria de otimizar o orçamento gastando pouco tempo em estúdio, mas sem deixar de sair com um bom resultado. Como equalizar essas diferentes necessidades? A Tratore tem cinco dicas para te ajudar:



1. Ensaie muito, muito mesmo

A regra é simples: quanto mais ensaiados os músicos estão, mais dominada, tecnicamente e emocionalmente, está a canção, e isso faz com que bons resultados sejam alcançados em menos tempo. Portanto, não economize tempo nessa pré-produção. Pode ser que você não tenha o take definitivo de primeira em todos os casos, mas o resultado será muito diferente de você levar duas horas gravando a mesma parte de guitarra e depois decidindo que vai “consertar na mixagem”.

2. Grave seus ensaios e sessões caseiras

Antes da gravação definitiva, registre em áudio o processo de preparação em um estúdio ou por meio de algum aplicativo de celular – seja pelo aplicativo nativo do seu sistema operacional ou por meio de outros feitos para músicos, como o Garageband, BandLab, Wavepad ou Mixpad. Faça uma audição crítica, notando objetivamente o que você gosta e não gosta, entendendo que lugares do arranjo e da execução precisam ser melhorados. Para cantores, esse é o momento de fixar a melodia, decidir o tom certo e entender os pontos desafiadores dentro da sua técnica, para que possa treinar e chegar no resultado desejado sem precisar de muitos takes ou correção de afinação via AutoTune ou Melodyne.

Outro ponto importante a trabalhar nas gravações prévias é o planejamento de overdubs, ou aqueles instrumentos ou vozes que serão gravados mais de uma vez, mas desempenhando funções diferentes no arranjo, para que sejam sobrepostos na mixagem e criem camadas no resultado final. Em vez de usar tempo de estúdio para desenvolver esses overdubs na tentativa e erro, prepare antes para já chegar sabendo exatamente o que você precisa.

3. Planeje a gravação com o engenheiro

Converse previamente com o técnico de gravação, mostrando demos e trabalhos anteriores seus, além de referências de onde você gostaria de chegar sonoramente. O profissional irá entender a pegada do seu trabalho, deixando a expectativa no lugar certo e também otimizando o processo de gravação. Caso precise, ele também pode ajudar você a definir a forma e a ordem de gravação dos instrumentos – por exemplo, identificando se vale mais a pena gravar a banda toda junto ou cada músico separado, gravando primeiro guias (ou referências) de voz e um instrumento harmônico com metrônomo, para depois incluir cada elemento definitivo em uma sequência específica.

4. Aprenda o básico de captação do seu instrumento

Trabalhando com um bom engenheiro de gravação, você não precisará se preocupar se seu instrumento ou vocal está sendo captado da melhor maneira possível. No entanto, ter alguma noção técnica sobre a sua parte da gravação pode ajudar a chegar no resultado e também a resolver eventuais problemas mais rapidamente. Se você é guitarrista, entenda quais são os microfones e ângulos mais utilizados para captar o seu amplificador, por exemplo. Se você é baterista, entenda quais são os principais elementos que precisam ser captados diretamente – às vezes, ter mais microfones sobre o kit não significa que a sua captação será melhor. Se você canta, entenda os diferentes tipos de microfones e efeitos para chegar no resultado que busca. Ler entrevistas com os artistas que você admira sobre o processo de gravação dos seus melhores álbuns também ajuda a entender os equipamentos e técnicas utilizados. No entanto, não deixe de ouvir a voz da experiência do profissional que está te gravando.

5. Chegue preparado(a)

Nada de virar a noite bebendo antes da gravação – se você deseja ganhar tempo em estúdio, é necessário chegar focado. Se você toca um instrumento de corda, troque o encordoamento alguns dias antes, para que não haja risco de quebra de alguma durante a sessão e também para que o instrumento soe com brilho. No entanto, também não o troque muito perto da gravação, ou a afinação pode ficar oscilante. Se você canta, chegue com a voz aquecida e as letras em mão. Não traga amigos para assistir a sessão – a concentração é primordial para que se saia do estúdio com um bom material para apresentar para seus fãs e interessados, assim que finalizado.

Leia também:

A Tratore é a maior distribuidora de música independente do país, com mais de 10 mil artistas em catálogo. Desde 2002, disponibilizamos álbuns, EPs e singles em lojas físicas e digitais do Brasil e do mundo. Para distribuir sua música conosco, acesse: http://www.fonomatic.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s