6 dicas para fazer uma boa live musical

instagram-2587123_960_720

por David Dines

Conhecida como live streaming, a transmissão ao vivo é uma forma descontraída de levar conteúdos exclusivos até seu público utilizando as redes sociais. Uma mão na roda em tempos de pandemia, que inviabilizam apresentações presenciais. Para quem assiste, é uma oportunidade de sentir-se mais próximo do artista a partir de interações em tempo real, como se todo mundo estivesse no mesmo espaço, em um formato intimista.

Conheça algumas dicas direcionadas a músicos para uma boa transmissão:



1. Escolha a plataforma

Várias plataformas hoje permitem transmissões ao vivo – cabe a você escolher com qual você se conecta mais, qual é mais utilizada pelo seu público ou mesmo fazer experimentações usando diferentes plataformas.

No Instagram, as lives podem ter até uma hora de duração e são feitas a partir de dispositivos móveis. Entre os pontos positivos de uma transmissão por lá estão a familiaridade que vem sendo desenvolvida com a ferramenta por pessoas de diferentes faixas etárias e demografias depois da crise do Covid-19, fora o compartilhamento espontâneo de conteúdos e a possibilidade de adicionar fãs ou convidados para dividirem a tela com você. Ao fim da sua transmissão, você tem a possibilidade de escolher se quer salvar o vídeo no seu aparelho, descartar o vídeo ou compartilhar a live nos seus stories por 24 horas. Em todas as outras plataformas principais, o conteúdo permanece depois da transmissão.

(atualização de maio/2020: o Instagram agora permite que lives sejam salvas permanentemente na seção IGTV.)

No Facebook, as lives podem durar até quatro horas, quando feitas a partir de dispositivos móveis, ou oito horas, caso acesse diretamente pelo API da plataforma. Entre as vantagens estão a possibilidade de produção de alta qualidade, caso você tenha estrutura para tal, e uma maior retenção de visualizações em tempo real.

(atualização de junho/2020: recomendamos que você faça lives a partir da sua própria fanpage no Facebook, depois da liberação de seu conteúdo por lá. Conteúdos postados em outras fanpages e perfis pessoais podem ser derrubados de maneira automática, caso os algoritmos entendam o áudio como sendo o original distribuído nas plataformas.)

Para fazer uma live no YouTube, acesse o site youtube.com/webcam – lá você poderá escolher entre transmitir imediatamente ou marcar um evento com data e hora, para que seus seguidores possam se preparar para o evento. Por lá, você pode entrar ao vivo pelo celular (caso tenha um OAC e mais de mil seguidores) ou pelo computador. Entre os pontos positivos, está o fato de que, segundo dados do próprio Google, canais que transmitem ao vivo ao menos uma vez por semana apresentam crescimento médio de 40% de novos inscritos e de 70% no tempo de exibição do canal.

(atualização de junho/2020: caso você vá fazer uma live no YouTube, fale com a Tratore previamente pelo e-mail contato@tratore.com.br para liberação do seu canal durante o período. Como temos um acordo de Content ID com a plataforma, links que não estejam liberados podem ser derrubados de maneira automática, caso os algoritmos entendam o áudio como sendo o original distribuído nas plataformas.)

O Twitter também criou uma ferramenta para lives, em integração com o Periscope, plataforma comprada recentemente pelo Twitter e que também continua funcionando de forma autônoma. O TikTok e o Twitch também permitem a realização de lives.

Há como fazer lives em mais de uma plataforma ao mesmo tempo, usando ferramentas como o OBS Studio (software gratuito que transmite para Facebook e YouTube) e Ciclano (serviço pago que transmite para Instagram e outras plataformas a partir do seu computador). Você também pode contratar os serviços de empresas como a ClapMe, que permite transmissão multiplataforma com corte de câmeras e inserções de marcas (caso você seja patrocinado) e links externos, e a Netshow.me, que também possibilita ao artista cobrar uma contribuição prévia do público, como um ingresso comprado antes do show.

2. Promova em todas as suas redes sociais

É interessante mobilizar o seu público em todas as plataformas para ter uma boa visibilidade durante a transmissão. Caso use o Instagram, use a figurinha de contagem regressiva nos stories para criar expectativa antes do evento. Encontre grupos do Facebook relevantes que podem ter interesse na sua transmissão e convide-os para organizar watch parties ou compartilhar o link do streaming ao vivo entre os membros do grupo. No entanto, na hora de espalhar a palavra, cuidado com o tom da conversa – lembre-se de que estamos em um momento de pandemia.

3. Use as enquetes do Facebook, do Instagram e do Twitter

As enquetes são uma ótima ferramenta para interagir com os fãs antes, durante e depois da live. Você pode pedir sugestões de músicas, de horários, pedir perguntas para que sejam respondidas durante a transmissão e também colher o retorno das pessoas depois do show.

4. Faça um roteiro e treine antes da transmissão

Como um show intimista que seria feito em outro lugar, crie um setlist prévio e ensaie o repertório. É uma oportunidade para criar novos arranjos e mostrar um repertório diferente, caso queira. Da mesma forma, também pense no que você gostaria de dizer durante a transmissão. Vale a pena anotar tópicos e comentários que você considera importantes de fazer enquanto está ao vivo.

5. Prepare um cenário

Uma vez que você está na sua casa, aproveite para pensá-la como espaço cênico na sua transmissão, escolhendo luz e os elementos que aparecerão no vídeo. Muitos detalhes ao fundo são desaconselháveis, pois podem distrair o público. Vale a pena também antecipar possíveis interrupções e tomar cuidados prévios com ruídos e barulhos externos.

6. Faça testes antes

Se você nunca fez uma live, faça um teste alguns dias antes para saber se sua conexão é adequada, se seu usuário tem alguma restrição técnica e ver se seu público está te vendo e ouvindo bem. Você pode escolher um horário em que poucas pessoas podem te assistir, como de madrugada, ou um período de tráfego comum durante o dia – até mesmo o próprio horário em que será feita a transmissão -, aproveitando para reforçar o convite para quem te assistir naquele momento.

Leia também:

Tratore é a maior distribuidora de música independente do país, com mais de 10 mil artistas em catálogo. Desde 2002, disponibilizamos álbuns, EPs e singles em lojas físicas e digitais do Brasil e do mundo. Para distribuir sua música conosco, acesse: http://www.fonomatic.com.br

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s