O que faz um vídeo ser derrubado no YouTube?

por David Dines

Um fato desagradável que acontece a muitos artistas no YouTube é ter um vídeo retirado do ar. Entenda em quais circunstâncias isso pode acontecer e que ações podem ser tomadas:


A derrubada de um vídeo acontece quando o detentor ou administrador de uma propriedade intelectual aponta o uso indevido de algo que possui os direitos. Esse elemento apontado é o que o YouTube chama de asset (ou ativo). Existem diversos tipos de assets, mas os principais envolvendo trabalhos musicais são o fonograma original (reivindicado pela distribuidora/gravadora), a obra (reivindicada por editoras e associações) e a parte visual, sejam videoclipes ou filmes. Quando cada um desses elementos é reivindicado, a arrecadação sobre o vídeo é dividida entre esses responsáveis.

O que é considerado um uso indevido? O uso indevido é basicamente aquele que tem fins comerciais ou promocionais e não foi autorizado previamente pelos detentores dos direitos. Usos ofensivos e inadequados do conteúdo, em prejuízo ao criador ou a seus acordos comerciais, também contam em solicitações de retirada do ar. Esse tipo de retirada forçada do ar é chamado de “strike”. Caso um canal receba três que não sejam resolvidos em acordo, ele pode perder sua monetização ou mesmo ser desativado.

Outra possibilidade de derrubada de um vídeo acontece quando acontece uma disputa e ela não é resolvida em um tempo razoável (geralmente, sete dias). O que acontece é que o YouTube, para preservar todas as partes, retira o vídeo temporariamente do ar até que a questão seja resolvida. Caso você tenha contato com as partes envolvidas, o ideal é negociar diretamente antes de entrar com uma disputa dentro do YouTube, para que ninguém seja impactado negativamente na plataforma, nem o seu conteúdo saia do ar.

Vale reiterar que os conteúdos distribuídos pela Tratore são reivindicados automaticamente pelo Content ID, de modo a repassar a arrecadação aos responsáveis em nossos relatórios mensais, de acordo com nosso contrato. Caso você tenha alguma questão com um vídeo reivindicado pela Tratore, fale conosco pelo contato@tratore.com.br.

Lembrando também que não é porque um vídeo foi reivindicado por diferentes responsáveis que ele está sendo monetizado no momento. Segundo regras adotadas pelo YouTube desde 2018, um canal só é monetizável se ele tiver mais de mil seguidores e 4 mil horas assistidas nos últimos 12 meses. Portanto, a reivindicação só passa a resultar em monetização em canais que cumpram esses requisitos.

Leia também:

Tratore é a maior distribuidora de música independente do país, com mais de 10 mil artistas em catálogo. Desde 2002, disponibilizamos álbuns, EPs e singles em lojas físicas e digitais do Brasil e do mundo. Para distribuir sua música conosco, acesse: http://www.fonomatic.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s