O que postar nas redes entre lançamentos?

por David Dines

Seu último lançamento foi realizado já há algum tempo e o próximo ainda falta um pouco para vir a público. Como manter as redes sociais de um artista ativas nesse meio-tempo? O Blog da Tratore apresenta sete ideias de ações que podem ser desenvolvidas nesse período:


1. Processo criativo e bastidores

Postar registros recentes ou mesmo de mais tempo sobre como determinado trabalho musical foi desenvolvido sempre interessa aos fãs. Registros de processos de composição, produção, gravação, mixagem, sessão de fotos, gravação de videoclipe sempre podem ser utilizados para manter o público próximo do artista. Caso queira compartilhar elementos da vida pessoal, também pode ser muito bom para trazer o público para perto, mas é importante colocar que essa é uma escolha, não uma necessidade, e que pode ser restrita de acordo com o que o artista julgar confortável. 

2. Versões inacabadas de novas músicas

Quem melhor para avaliar o seu trabalho do que o público que te ouve fielmente? Então, caso sinta que é o momento certo, vale trazer seus fãs para opinar sobre o seu processo de produção. Compartilhe trechos de duas músicas novas e pergunte aos seus fãs qual eles preferem, para poder então decidir qual será seu próximo lançamento. Caso o arranjo possa ir pra dois lugares estéticos diferentes, apresente um trecho de cada e pergunte ao público qual é o favorito. Não necessariamente isso precisa ser feito como um post aberto e fixo de Instagram, TikTok ou Facebook – pode ser algum formato que fique no ar por tempo determinado, como os stories e os YouTube Shorts, uma live ou uma postagem em um grupo fechado de superfãs.

Avaliações de fãs sobre novos materiais são um processo feito por artistas de todos os portes, secreta ou abertamente. Um exemplo de um músico de grande peso comercial que fez esse processo de maneira pública em 2021 foi o rapper Kanye West, que realizou três eventos nos Estados Unidos para decidir quais músicas entrariam em seu álbum “Donda”, e também utilizou a plataforma Discord para saber dos fãs qual de três versões da faixa-foco “Hurricane” eles preferiam.

3. Diálogo direto com os fãs

Abra uma caixa de perguntas ou uma enquete no Instagram e provoque interações diretas, temáticas ou não. Se seu público estiver engajado, pode resultar em bons conteúdos ao longo daquele dia e render ganchos para produzir conteúdo em outros dias. Reposts de tweets ou stories dos fãs também são ótimas formas de construir conversas e um senso de comunidade em torno da sua música.

4. Playlists de usuários

Quando um fã encaixa uma música sua em uma playlist pessoal, isso pode render bastantes assuntos – desde o tema ou título da playlist até outros artistas com os quais você deveria fazer colaborações, segundo o seu público. Várias dessas playlists são identificáveis no Spotify for Artists, mas você também pode pedir ajuda direta do público para levantar essa conversa.

5. Interações criativas com o público, usando recursos das redes

TikTok e Instagram hoje permitem que o público possa fazer duetos com os artistas e outros formatos de desafio, por exemplo. Como são recursos um tanto recentes, eles aparecem algoritmicamente para mais pessoas dentro das plataformas do que outros formatos de conteúdo. Não é necessário que o artista saiba dançar ou que entre em uma tendência na qual se sinta desconfortável, mas pode ser importante buscar e encontrar sua própria linguagem dentro dessas novas ferramentas.

6. Comentários sobre tópicos atuais que se conectam a você como artista

Um artista sempre pertence a um contexto, e esse contexto diz de vários assuntos relevantes ao seu público naquele momento. Compartilhe informações e comente sobre outros assuntos que são importantes para você enquanto artista, e que se refletem na sua obra de alguma maneira. Os fãs certamente estarão atentos à sua reflexão e isso pode reforçar o laço com esse público.

7. Lives

Interações ao vivo sempre são destacadas pelas redes e podem engajar bastante o seu público, caso as transmissões sejam em bons horários para quem te acompanha. Nesse campo, vale tudo: live shows com grande produção, apresentações caseiras com versões acústicas, repertórios temáticos, conversas diretas com o público ou com convidados e parceiros.

Leia também:

Tratore é a maior distribuidora de música independente do país, com mais de 30 mil artistas em catálogo e 8 mil contratos ativos. Desde 2002, disponibilizamos álbuns, EPs e singles em lojas digitais e físicas do Brasil e do mundo. Para distribuir sua música conosco, acesse: http://www.fonomatic.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s