Por que reaproveitar uma música lançada anteriormente como uma faixa do novo single?

por David Dines

Uma prática que tem se tornado relativamente comum entre artistas de diferentes portes comerciais, em diversos países, é o reaproveitamento de faixas lançadas recentemente ao longo de um ciclo de novos singles. Por exemplo, ao lançar o segundo ou terceiro single de uma série, o produto contém a faixa nova e também as anteriores daquele ciclo. Qual é a vantagem em realizar esse tipo de ação? Entenda:


Apesar de parecer um gesto redundante, essa ação pode gerar benefícios objetivos dentro de uma campanha de lançamento quando feita de maneira estratégica. Ao incluir uma música anterior em seu novo single, o público tem a chance de ouvir aquela canção novamente sem realizar nenhum esforço adicional, o que pode levar a alguns plays a mais na faixa.

Outro benefício é que a música pode entrar em um novo ciclo de oferecimento algorítmico em algumas plataformas, justamente pelo fato de ter sido inserida em um produto recém-lançado. Porém, em relação à possibilidade de entradas editoriais, recomenda-se que o foco continue sendo na faixa inédita.

Além disso, fica estabelecida entre as faixas uma relação de pertencimento a um mesmo projeto. Assim, essa ação pode ser usada para construir junto aos fãs uma antecipação a mais pela chegada de um álbum ou EP. E, claro: esse adicional de plays e popularidade sobre o que já foi lançado será transferido para o lançamento maior quando ele chegar.

Vale lembrar que não há problema algum em lançar singles totalmente separados, como feito normalmente, e que as plataformas consideram que um single tem entre 1 e 3 faixas. Se esse lançamento tiver uma faixa com mais de 10 minutos, passa a ser considerado um EP. Um produto que tenha a partir de 4 faixas e menos de 30 minutos no total também é classificado da mesma forma.

É importante que os arquivos de áudio sejam idênticos, com as mesmas informações autorais e de artistas, além do mesmo ISRC, ou a junção dos plays entre os lançamentos pode não ser feita automaticamente.

Leia também:

Tratore é a maior distribuidora de música independente do país, com mais de 30 mil artistas em catálogo e 8 mil contratos ativos. Desde 2002, disponibilizamos álbuns, EPs e singles em lojas digitais e físicas do Brasil e do mundo. Para distribuir sua música conosco, acesse: http://www.fonomatic.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s