5 passos iniciais para internacionalizar sua carreira musical

por David Dines

Atuar em outros mercados além do Brasil é um sonho de quase todos os artistas. No entanto, é um processo que exige estratégia, investimento e paciência. Conheça 5 dicas da Tratore para dar os primeiros passos com sua música em outros territórios:


1. Entenda se é o momento certo

Na maioria dos casos, espera-se que o artista fortaleça sua base de fãs e presença de mercado no contexto local para depois expandir sua relevância pouco a pouco. O plano mais comum seria começar a partir da sua cidade, depois circular e realizar ações pelo seu estado, expandindo para sua região, depois outras regiões do país, e então, quando já há uma presença nacional, investir em outros países.

Essa é uma expectativa natural, mas não é uma regra que serve para 100% dos artistas. De toda maneira, é importante se atentar ao contexto e as oportunidades de cada mercado para entender o melhor momento para expandir. É importante analisar até mesmo fatores macroeconômicos e macropolíticos que podem favorecer ou dificultar a chegada da sua música a novos públicos. E claro, construa um caixa compatível com as primeiras empreitadas que deseja realizar.

2. Esteja ciente das possíveis barreiras culturais e busque seu nicho

É tudo uma questão de contexto: há circunstâncias em que fazer uma música altamente conectada com o seu local de origem ou ter um tempero brasileiro/latino nos arranjos te favorecerão ao distinguir seu trabalho de artistas de outras partes do mundo. Porém, também há contextos em que a demanda favorecida por um mercado será aquela por gêneros musicais que hoje causam impacto comercial global.

Dependendo do mercado, o idioma português pode ser uma barreira ou uma oportunidade. Apenas outros oito países pelo mundo são falantes do idioma, o que pode te favorecer caso Portugal, Angola e Cabo Verde, por exemplo, sejam mercados-alvo para sua atuação. Mas, se você busca expandir seu raio de ação para o restante da América Latina ou para a América do Norte, por exemplo, o português poderá ter um apelo comercial mais restrito, por haver menos falantes no local. Caso você trabalhe com gêneros musicais tipicamente brasileiros, é possível que você encontre oportunidades em locais como Estados Unidos e Europa no nicho da chamada “global music” ou “world music”, também conhecido como “músicas do mundo”.

3. Estude o mercado da música do país ou região em questão

É importante identificar de antemão desafios e oportunidades ao se aventurar no mercado de outro país. Há um consumo considerável do seu tipo de música nesse local? Há brasileiros que conseguiram construir um bom público nesse país? Quem são eles, e como suas sonoridades e histórias se conectam com as suas? Existe alguma relação diplomática entre esse país e o Brasil que facilite uma forma de intercâmbio cultural?

Outro ponto a se considerar é a competição comercial em torno do gênero desejado. Se você deseja ir, por exemplo, para os Estados Unidos para trabalhar com música pop em inglês, saiba que é um mercado gigante no qual você terá muita competição e resistência para entrar, já que há muita gente do mundo todo buscando espaço nesse mercado específico. Caso você estabeleça uma relevância no Brasil antes, você tem um ponto que pode te diferir de outros artistas e chamar a atenção.

4. Comece a construir uma base de fãs e parceiros neste outro local

Caso você já esteja querendo começar esse movimento com o seu próximo lançamento na Tratore, três frentes devem ser consideradas. Uma delas é a de campanhas de tráfego na internet, que sejam direcionadas para uma demografia de público específica nesses outros países. Avalie bem os resultados para entender o que deu certo e o que pode ser melhorado para o próximo lançamento, ou para um novo momento de divulgação. Outra é imprensa – buscar veículos que queiram falar de novos artistas do seu gênero nos territórios desejados pode fazer diferença no alcance da sua música nesses mercados. E, por fim, é a frente editorial junto às plataformas: no Spotify, por exemplo, você tem acesso aos editores de todo o mundo ao fazer o seu pitch pelo Spotify for Artists. É comum que a plataforma leve em conta o país em que mora e os países em que você tem mais resposta de público na consideração para playlists, mas você também pode apontar ações que estejam sendo desenvolvidas em outro território para reforçar a importância estratégica desse local no lançamento.

Fora isso, busque estabelecer relações com artistas de outros territórios, o que pode resultar em feats, convites para turnês conjuntas, troca de shows em seus países e troca de contatos-chave nos mercados em questão. Além da troca de mensagens e conteúdos pela internet, uma ação importante para estabelecer conexões em outros territórios é participar de feiras do mercado da música. Ali você também conseguirá saber sobre novas oportunidades e estreitar laços para outras ações e frentes além dos shows.

5. Entenda que é um investimento de médio-longo prazo

Não é porque um artista conseguiu montar uma pequena série de shows em outro país que o território já está “conquistado” e o trabalho está feito. É importante retornar de novo e de novo para fidelizar esses fãs e apoiadores, expandindo um pouco sua rede de atuação a cada visita. Estabelecer uma presença internacional para sua carreira é um processo que pode levar anos e demanda investimentos. Pode ser que na primeira visita você não consiga fazer muito dinheiro ou mesmo fechar qualquer acordo, mas conseguiu fazer contatos interessantes com possíveis desdobramentos futuros. Na próxima visita, você pode se organizar para fazer melhor, e ainda melhor na seguinte, e assim por diante.

Leia também:

Tratore é a maior distribuidora de música independente do Brasil, com mais de 30 mil artistas em catálogo e 8 mil contratos ativos. Desde 2002, disponibilizamos álbuns, EPs e singles em lojas digitais e físicas do Brasil e do mundo. Para distribuir sua música conosco, acesse: http://www.fonomatic.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s