Que dia ou mês é melhor para lançar música?


por David Dines

Muitos artistas têm dúvidas sobre o melhor período para disponibilizar seus novos produtos e se questionam se há algum dia ou mês mais propício. O blog da Tratore dá algumas dicas, confira:


1. Procure não lançar no fim de semana

O ciclo de consumo nas plataformas geralmente obedece uma lógica de comportamento, que só encontrou uma exceção no período mais restrito da pandemia: existe uma crescente de ouvintes ativos e consumo de música que começa na segunda-feira e culmina na sexta-feira, com uma queda no sábado e no domingo. Isso porque o streaming de música compete com outras atividades de lazer no fim de semana e também porque as plataformas são muito ouvidas no deslocamento para o ambiente de trabalho ou estudo. Portanto, se quiser impactar mais ouvintes e ainda não tiver uma base super engajada, melhor lançar em um dia de semana.

2. Sextas-feiras são estratégicas, mas entenda seu contexto

Nos anos 2000, os principais players do mercado da música aderiram à chamada New Music Friday, ação combinada em que os lançamentos de destaque na semana saem às sextas-feiras. O motivo original era para combater vazamentos nas situações em que artistas de grande porte comercial tinham diferentes datas de lançamento para o mesmo produto em territórios distintos. Mesmo hoje, as principais playlists editoriais e espaços de destaque nos serviços de streaming ainda são atualizados às sextas, tornando esse dia da semana uma grande janela de oportunidade e consumo.

No entanto, atualmente é comum ver artistas de todos os portes decidindo lançar produtos fora da sexta-feira. Ainda que seja o dia de culminação de atenção do público, a escolha por outros dias da semana se deve a mecanismos de promoção fora das plataformas. Por exemplo, pela grande concentração de lançamentos, as sextas tornaram-se muito disputadas na imprensa, o que leva músicos fora do mainstream trocarem de dia no intuito de aumentar chances de pautas. Outro motivo é o comportamento do público de um artista dentro das principais redes sociais. Se seu principal dia de engajamento é a quinta-feira, não há motivo pelo qual não lançar nela. Avalie bem os prós e contras, dentro da sua situação específica.

3. Evite as duas últimas semanas do ano e a primeira de janeiro – ou planeje com muita antecedência

Isso porque a maioria das plataformas de streaming entra em sistema de plantão e apenas as playlists de novidades são atualizadas, o que diminui as chances de destaques para muitos artistas. No entanto, caso seja importante lançar seu produto nesse período, faça o upload com grande antecedência, para aumentar as chances de apreciação dos editores.

4. Leve em conta datas especiais conectadas ao lançamento

Dia dos Namorados, Carnaval, Natal, Dia das Crianças, Dia do Orgulho LGBTQIAP+, Dia da Consciência Negra… todas essas datas viram pauta nas redes, na imprensa e também nas plataformas digitais, geralmente com playlists editoriais dedicadas ao tema em foco no período. Portanto, se você tem um trabalho que conversa naturalmente com essas efemérides, vale a pena se planejar para lançar nesse período, possibilitando que mais pessoas entrem em contato com a sua música.

Em todo caso, avalie bem o contexto para identificar se é uma oportunidade legítima. Não só pondere se a competição naquela data será vantajosa para você, mas também considere se a ocasião tem uma importância distinta para um grupo social do qual você não faz parte, e se seria de bom tom lançar naquele momento.

5. Aproveite eventos do mercado da música para lançar

Feiras e conferências são sempre oportunidades para criar novas conexões para carreiras musicais. Caso vá participar de algum desses eventos de destaque, considere a possibilidade de realizar um lançamento durante a convenção, ou um pouco antes. A atenção do público e de outros entes do mercado podem possibilitar mais acordos e parcerias, uma vez que o impacto da marca do artista ou banda poderá ser visto em plena ação.

Leia também:

Tratore é a maior distribuidora de música independente do Brasil, com mais de 30 mil artistas em catálogo e 8 mil contratos ativos. Desde 2002, disponibilizamos álbuns, EPs e singles em lojas digitais em todo o mundo. Para distribuir sua música conosco, acesse: http://www.fonomatic.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s