Informações Básicas

O que é a Tratore?

A Tratore é a maior distribuidora de música independente do país, com mais de 6.000 artistas em catálogo. Desde 2002, disponibilizamos álbuns, EPs e singles em lojas físicas e digitais do Brasil e do mundo.

O que a Tratore distribui?

  • Música digital (em streaming e download pagos);
  • CDs e Vinis;
  • DVDs e livros do segmento musical: shows, songbooks, biografias de músicos, etc.

Como funciona a distribuição da Tratore?

Na distribuição digital, o lançamento fica disponível nas principais plataformas de streaming e download, como Spotify, Deezer, Apple Music, iTunes, Google Play, Napster e Tidal, além de outras 100 lojas digitais por todo o mundo (Veja a lista completa aqui) – o pacote também inclui a monetização de vídeos no YouTube, oficiais ou de terceiros, desde que tenham as músicas que distribuímos.

Na distribuição física, sempre feita junto com a digital, o CD, DVD ou vinil fica disponível em nossa loja online e em portais para o exterior, como SambaStore. Além disso, ele é oferecido para os principais pontos de venda de discos do país, como Livraria Cultura, Pop’s (SP), Locomotiva Discos (SP), Loja Clássicos (SP), Travessa (RJ), Discoplay (BH), Passadisco (PE) e Na Figueiredo (PA).

  • No caso de lançamentos religiosos | gospel, vendemos o título em nossa em nossa loja online.

O álbum também fica disponível nas principais plataformas de streaming e download, como Spotify, Deezer, Apple Music, iTunes, Google Play, Napster e Tidal, além de outras 100 lojas digitais por todo o mundo – o pacote inclui a monetização de vídeos no YouTube, oficiais ou de terceiros, desde que tenham as músicas que distribuímos.

Quanto custa?

Digital:

  • Álbum: R$ 50;
  • EP: R$ 50;
  • Single: R$ 50.

Física + Digital: R$ 240 por álbum – não distribuímos EPs ou singles em formato físico.
Se o produto não tiver código de barras, a Tratore pode gerar um número que acrescenta R$ 30 a taxa de distribuição.

Por que eu preciso de um código de barras?

O código de barras identifica o lançamento nas lojas digitais e físicas. Além de ser obrigatório, deve estar no padrão EAN-13, com 13 (treze) algarismos.

Posso inventar um número para o código de barras?

Não. Os algarismos são calculados a partir de uma fórmula complexa e a primeira metade deles identifica a empresa que os emitiu. O código deve ser gerado por uma companhia especializada, para que não seja identificado como falso e/ou usado em produtos anteriores.
Se seu lançamento não tiver código de barras, a Tratore pode gerar um número que acrescenta R$ 30 a taxa de distribuição.

Quantas vezes eu pago a taxa de distribuição?

A taxa de distribuição (e, caso necessário, o código de barras) é paga por produto, uma vez só, no ato do cadastro.

Quanto eu recebo pela distribuição?

  • Digital: A Tratore repassa 75% do valor arrecadado;
  • Física: A Tratore oferece os produtos para lojas em todo o Brasil e assume os custos de impostos, comissões e transporte.
    – CDs e DVDs: 46% do valor arrecadado;
    – Vinis (LPs e Compactos): 65% do valor arrecadado;
    – Livros: 55% do valor arrecadado.
  • Licenciamento e sincronização: A Tratore repassa 60% do valor arrecadado.

Como saber quanto eu recebo pela distribuição?

O Fonomatic, plataforma em que você cadastra seus lançamentos para distribuição, tem o campo Relatórios.
Toda a arrecadação é reunida trimestralmente (de 03 em 03 meses), especificando quantas execuções determinado álbum, EP ou single teve em determinada plataforma; no caso da distribuição física, quantos exemplares foram vendidos e/ou devolvidos para o estoque. Além disso, o responsável recebe, diariamente, um relatório parcial por e-mail com as execuções das principais lojas digitais – Spotify, Apple Music e iTunes.

Como receber o dinheiro arrecadado?

Quando o artista tiver, no mínimo, R$ 50 acumulados, pode pedir o resgate da quantia clicando em Requisitar resgate do saldo acumulado. Uma mensagem será enviada com a confirmação do pedido e, dentro de alguns dias, um e-mail confirmando a data em que o valor é depositado na conta cadastrada.
A Tratore paga sobre as vendas recebidas das lojas físicas e digitais, portanto, é comum que, no primeiro relatório, haja pouca arrecadação – a partir do segundo trimestre, o faturamento tende a ser mais significativo.

Veja também:

Anúncios