Conheça a Qobuz, plataforma francesa de streaming que chega ao Brasil

por David Dines

Neste mês de maio, iniciou a operação brasileira da Qobuz, plataforma de streaming de música criada na França em 2007. O serviço oferece aos seus assinantes áudio em alta resolução (24-bit e 192kHz) e também em hifi (16-bit, qualidade de CD). Saiba mais:

Continuar lendo

3 dicas de conteúdos para artistas no YouTube Shorts

por David Dines

O YouTube Shorts é uma experiência otimizada para celulares no YouTube voltada para vídeos curtos na vertical, com menos de 1 minuto de duração. Vários tipos conteúdos têm sido bem recebidos pelo público dentro da plataforma, e a Tratore apresenta três tendências de formatos fáceis e rápidos que um artista pode utilizar como exemplo para produzir seu conteúdo. Confira:

Continuar lendo

Por que reaproveitar uma música lançada anteriormente como uma faixa do novo single?

por David Dines

Uma prática que tem se tornado relativamente comum entre artistas de diferentes portes comerciais, em diversos países, é o reaproveitamento de faixas lançadas recentemente ao longo de um ciclo de novos singles. Por exemplo, ao lançar o segundo ou terceiro single de uma série, o produto contém a faixa nova e também as anteriores daquele ciclo. Qual é a vantagem em realizar esse tipo de ação? Entenda:

Continuar lendo

Critérios de noticiabilidade: como utilizá-los para melhorar o seu release?

por David Dines

O release é o texto em que um artista apresenta seu novo projeto a jornalistas e contratantes. Quando você tem algo novo a divulgar, é importante saber como chamar a atenção para as informações certas. Por isso, entenda os critérios de noticiabilidade adotados pela imprensa, que podem definir se seu assunto será ou não de interesse dos veículos desejados:

Continuar lendo

Arrecadação de música gravada cresce 18,5% no mundo em 2021

por David Dines

Enquanto outros setores do mercado da música tiveram que fazer grandes adaptações com a pandemia de Covid-19, a fatia correspondente a música gravada apresentou um crescimento global como nunca visto anteriormente. O novo relatório da IFPI, entidade que representa o mercado fonográfico global, apresenta um crescimento de 18,5% em 2021, puxado principalmente pelo streaming – e que se aproxima novamente dos resultados de antes da revolução digital. Entenda:

Continuar lendo