Dicas Tratore: Quando criar um artista composto nas plataformas digitais?

chicorey&paraná

por David Dines

Muitas vezes, em projetos artísticos coletivos, os músicos envolvidos optam por colocar os nomes de todos na assinatura geral do trabalho. No entanto, é preciso pensar se é mais interessante criar nas plataformas digitais um artista composto que junte todo mundo ou deixar o lançamento disponível nas páginas de artista de cada um. Mas qual é a diferença entre esses processos e o que seria, de fato, um artista composto? Continuar lendo

Dicas Tratore: Qual é a diferença entre monetizar YouTube sozinho e por um agregador?

content id
Notificação padrão de Content ID por e-mail

por David Dines

O YouTube se destacou entre os demais players audiovisuais por permitir que os donos de conteúdo independente monetizem seus vídeos, cadastrando-se para receber pelo uso de publicidade por meio do recurso AdSense. No entanto, para os produtores de música, há também a possibilidade de monetizar por meio de sua distribuidora ou agregador, como no caso da Tratore. Qual é a diferença? Continuar lendo

Dicas Tratore: Quanto tempo deve haver entre meus lançamentos?

pexels-photo-117501Foto: Arquivo Pexels

por David Dines

Ao organizar uma carreira musical, um dos tópicos importantes a analisar é a distância entre lançamentos. Sejam singles, EPs, álbuns ou videoclipes, o tempo entre novos títulos pode definir o ritmo e a intensidade das demais ações do artista ou da banda por determinado período. Independente do gênero musical, é possível ter bons resultados tanto com um cronograma mais rápido e intenso de lançamentos quanto com ações mais espaçadas. Conheça alguns prós e contras de cada tipo de planejamento:

Continuar lendo

Dicas Tratore: Quando fazer um EP ou um álbum?

vinilos_distintos_tamac3b1os

por David Dines

Há um momento no planejamento de um artista ou banda em que, depois de uma série de lançamentos, é necessário definir se o próximo conjunto de faixas a chegar ao público será um EP ou um álbum.

Como saber se o momento é mais adequado para entregar aos fãs uma compilação de cinco músicas ou um trabalho de dez ou mais canções? A Tratore tem quatro dicas que podem te ajudar a definir essa questão.

Continuar lendo

Ressonância: RISCO

artistasseloriscoArtistas do selo no palco do Centro Cultural São Paulo, no show de lançamento da coletânea “RISCO #01”, 2016. Foto: Fernando Banzi

por David Dines

No terceiro texto da série Ressonância, que compartilha um pouco da visão, estratégia e funcionamento de alguns dos principais selos independentes do Brasil, o blog da Tratore apresenta o trabalho do selo paulistano RISCO, cuja plataforma de suporte na difusão do trabalho de artistas independentes levou à parceria com artistas como O Terno, Charlie e os Marretas, Luiza Lian e Mustache e os Apaches.

Continuar lendo